14 C
Canela
sexta-feira, junho 21, 2024
spot_imgspot_img
spot_img
spot_img
spot_imgspot_img
InícioNotíciasProjeto sobre histórias e vivências dos Kaingang ganha espaço na região

Projeto sobre histórias e vivências dos Kaingang ganha espaço na região

Publicidade

Aprovado no edital FAC Expressões Culturais 2022, o projeto cultural da aldeia Kaingang Kógunh Mág, de Canela, irá apresentar atividades diversas deste povo indígena habitante da região das Hortênsias e dos Campos de Cima da Serra, trazendo consciência e conhecimento sobre sua riqueza cultural.

PROJETO

O projeto consiste na execução de eventos nos próximos meses, com práticas culturais relacionadas às vivências do povo Kaingang, na cidade de Canela e região. Cada dia de evento terá, de 3 a 4 atividades, em diferentes locais, direcionadas a públicos distintos. Nestes encontros serão oferecidas oficinas de artesanato, workshop sobre plantas medicinais, típicas da Floresta Nacional de Canela; exposição de cestaria artesanal e apresentações de dança e de atividades esportivas; demonstração e fala sobre o manejo sustentável dos cipós e taquaras utilizados no artesanato; bate-papos e rodas de conversa com alunos da rede municipal e com artistas e produtores culturais sobre a arte e vivências indígena; além de exibições do documentário “Konhun Mág – o caminho de volta à Floresta de Canela”, que foi realizado através do Edital Criação e Formação e Diversidade nas Culturas, com recursos da Lei Aldir Blanc n° 14.017/20.

Publicidade

AÇÕES

As ações serão realizadas pelos próprios indígenas Kaingang, coordenados pelo Cacique Maurício Salvador, na RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural) Bosque de Canela, na Feira Ecológica e na Floresta Nacional de Canela (local onde habitam), também no Lago Negro e Museu Major Nicoletti (Gramado), e em escolas e universidades destas cidades e de São Francisco de Paula.

Publicidade

O projeto é uma iniciativa dos próprios Kaingang, que enxergam uma nova oportunidade em relatar sua história para fortalecer seu povo. Compartilharem suas vivências, enquanto habitantes deste território há centenas de anos, é vital para a manutenção, não só de sua cultura, como de suas vidas. Além de preservarem e promoverem as expressões culturais e as tradições indígenas Kaingang do sul do Brasil, estas ações possibilitarão à comunidade da região e povo indígena, uma relação mais humanizada, além de aprimorar o olhar sobre as formas de como este povo se relaciona com a natureza e suas compreensões de existência. “Esta experiência vai auxiliar em um processo contínuo de romper com preconceitos e julgamentos, que estão enraizados no senso comum, e que foram provocados pelo processo de colonização ocorrido nestas terras da serra gaúcha”, afirma o Cacique Maurício.

Publicidade


Publicidadespot_img
Artigos Relacionados
Leia também
CANELA - Em um esforço para avaliar e apoiar a comunidade cultural de Canela, a Secretaria de Turismo e Cultura, através do Departamento de Cultura, lançou um formulário intitulado “Levantamento da Situação dos Agentes Culturais do Município de Canela...
GRAMADO - A Polícia Civil, através da DP de Gramado, apreendeu na tarde desta quinta-feira (20/06) máquinas de caça níqueis que estavam em funcionamento em um bar na cidade.A Delegada Fernanda Aranha refere que as máquinas foram apreendidas configurando...
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Populares

Leia Mais

Iniciar conversa 👍
1
Seja bem vindo!
JD Canela
Olá! 😀
Quer receber notícias no seu WhatsApp?
Entre no nosso Canal de notícias.
Nos envie um "oi" e te enviamos o link para participar.