24.1 C
Canela
domingo, junho 23, 2024
spot_imgspot_img
spot_img
spot_img
spot_imgspot_img
InícioNotíciasProjeto “Barriga Feliz” acabou com o desperdício de alimentos no almoço da...

Projeto “Barriga Feliz” acabou com o desperdício de alimentos no almoço da Escola Municipal Cônego João Marchesi

Publicidade

Com a expectativa de mudar o rumo da alimentação das mais de 90 crianças que almoçam na escola, o “Barriga Feliz” foi posto em prática.

Com o objetivo de cessar o desperdício de alimento no momento do almoço do turno integral, a Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental Cônego João Marchesi elaborou o projeto “Barriga Feliz”, mesclando nutrição com autonomia e liderança dentro da escola.

Publicidade

Com o auxílio de alunos do 4° ano, comandados por um representante das turnas de 6° ao 9° ano e a monitora da escola, Letícia da Fonseca, a hora do almoço foi reelaborada na Cônego João Marchesi. Estes estudantes ganham crachás para identificação e são responsáveis pela organização no momento de comer, proporcionando tranquilidade e ajuda às professoras.

Publicidade

Ana Laís e Alessandro, alunos do 7°ano do ensino fundamental e monitores do projeto

Logo que o turno integral foi instituído, ainda antes da pandemia, o problema do desperdício de comida foi um ponto preocupante para a administração escolar. Com a expectativa de mudar o rumo da alimentação das mais de 90 crianças que almoçam na escola, o “Barriga Feliz” foi posto em prática. A diretora, Graciela Holdorff de Almeida, explica como funciona o projeto. “Em um primeiro momento nós começamos a incentivar o consumo de alimentos variados com o uso de papeizinhos coloridos. Os alunos sinalizaram suas preferências antes do almoço e no momento da refeição, os pratos já estavam servidos de acordo com o que era pedido”, diz.

Hoje em dia, o projeto já não utiliza mais a sinalização com papéis, pois agora os estudantes já mudaram seus hábitos alimentares e estão mais receptivos com as frutas e verduras. Porém, todos os dias as crianças devem escolher ao menos um tipo de salada para compor o seu prato.

Depois de comer, os estudantes participam de brincadeiras ao ar livre – Fotos: Taís Berti e André Fernandes

Projeto horta na escola

Outro ponto de incentivo para a melhora da alimentação dos alunos, é o projeto horta na escola. Muitos dos insumos utilizados nas refeições são cultivados por eles na própria estufa e na horta da instituição, sendo mais um motivo para despertar o interesse de novos alimentos.

Apresentação do projeto para toda a rede

A secretária de Educação, Esporte e Lazer Janete da Silva Santos elogia o projeto da Cônego e solicitou para que a diretora Graciela apresentasse o trabalho na reunião de diretores realizada na semana passada com a intenção de que o projeto seja um incentivo a ser aplicado nas demais instituições da rede. “O combate ao desperdício e o estímulo a hábitos de vida mais sustentáveis devem fazer parte das premissas de toda a nossa rede escolar, pois mesmo com o trabalho da nossa nutricionista, diagnosticamos que acontecem sobras de alimentos”, comentou Janete.

Publicidade


Publicidadespot_img
Artigos Relacionados
Leia também
CANELA - O atual administrador do Hospital de Caridade de Canela (HCC), Aristides Feistler, recebeu a reportagem do Jornal Digital Canela para esclarecer dúvidas, relatar mudanças e melhorias que vêm sendo feitas na casa de saúde. “É sempre importante...
CANELA - Em uma iniciativa que visa promover a qualificação profissional no setor rural, o Centro Integrado de Desenvolvimento e Inovação de Canela - CIDICA, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - SENAR e o Sindicato...
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Populares

Leia Mais

Iniciar conversa 👍
1
Seja bem vindo!
JD Canela
Olá! 😀
Quer receber notícias no seu WhatsApp?
Entre no nosso Canal de notícias.
Nos envie um "oi" e te enviamos o link para participar.