Parceria inédita deve resultar em um dos maiores pontos turísticos do Estado

0
66
Publicidade

Complexo de cânions Josafaz, pertencente aos municípios de São Francisco de Paula e Três Forquilhas, pode gerar retorno milionário logo no primeiro ano de funcionamento
 

Um projeto ousado e arrojado entre São Francisco de Paula e Três Forquilhas está prestes a sair do papel. Através de um consórcio, que ainda precisa ser votado e aprovado, os Municípios devem começar a explorar o Complexo de Cânions Josafaz, que pode ser considerado um dos principais pontos turísticos do Estado do Rio Grande do Sul. 
 

Na última sexta (17), a Prefeita de Três Forquilhas Loraci Klippel Melo e o Vice-prefeito de São Francisco de Paula Thiago Teixeira se reuniram na Câmara de Vereadores de Três Forquilhas com vereadores, secretários e lideranças de ambos os Municípios para apresentar o projeto. 
 

Publicidade

Com beleza intocada e acesso ainda difícil, o Complexo de Cânios Josafaz conta com um total de 5 cânions: Pedras Brancas, Tajuvas, Josafaz, além de mais um que ainda não possui identificação. O cânion do Josafaz é o maior em extensão do Brasil, com 14km e possui acesso privilegiado: da rota do sol até o primeiro cânion são apenas 18km. O local paradisíaco ainda conta com cachoeiras que chegam a 2 e 3 vezes o tamanho da Cascata do Caracol, ponto turístico de Canela. 

Fotos: Carolina Andriola

O projeto, ainda em fase inicial, prevê estrutura básica para acesso aos cânions com segurança e preservação do ambiente. O Vice-prefeito Thiago Teixeira destaca um aspecto importante desta parceria. “Queremos manter a essência do lugar, que com sua beleza intocada, pode ser considerado um oásis. Queremos construir uma pequena estrutura que permita algum conforto aos turistas e visitantes, mas sem ser invasivo e sem modificar o cenário e a paisagem. Queremos preservar e permitir que mais pessoas conheçam esse paraíso intocado”, destaca. 
 

As possibilidades de exploração para o Complexo de Cânions Josafaz são consideradas imensas e passam pelo turismo de aventura, turismo de contemplação, além de esportes radicais, cavalgadas, trekking, passeios de 4×4 guiados, observação de fauna e flora. 

Publicidade

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.