HCC busca homologação junto ao Governo do Estado para UTI Covid

93
Além dos cinco leitos de UTI o novo espaço destinado para o tratamento do coronavírus também deverá contar com outros três leitos para atender média complexidade - Foto: Rafael Zimmermann
Publicidade

Para ter uma UTI Covid o Hospital de Canela precisa cumprir uma série de exigências técnicas que são determinadas pela Vigilância Sanitária Estadual. Os cinco leitos de UTI estão sendo montados com o apoio da ACIC que doou camas hospitalares, monitores e bombas de infusão. Já os cinco respiradores foram repassados pelo Governo Federal. Outra exigência foi a reforma do setor de emergência que já foi executada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras.

Conforme a advogada Adriana Seibel, integrante da equipe responsável pela gestão do HCC, restam alguns detalhes para cumprir as exigências do Governo Estadual como a aquisição de um raio-x móvel, cujo processo está em andamento, além da locação de um aparelho de hemodiálise. “Até o final desta semana concluiremos a nossa parte e vamos encaminhar fotos e toda documentação necessária para a 5ª Coordenadoria Regional de Saúde. Estamos seguindo todos os requisitos para termos uma UTI Covid aqui em Canela”, projeta Adriana.

Além dos cinco leitos de UTI o novo espaço destinado para o tratamento do coronavírus também deverá contar com outros três leitos para atender média complexidade. Vale lembrar que atualmente o Hospital de Caridade de Canela já possui seis leitos com respiradores destinados exclusivamente para a Covid-19, além da tenda anexa ao prédio para realizar o primeiro atendimento aos pacientes com sintomas da doença. “A mobilização em prol do Hospital de Canela mostra como a nossa sociedade está madura e unida para enfrentar este vírus. Vamos continuar investindo e não mediremos esforços para prevenir e combater esta doença”, analisa o prefeito Constantino Orsolin.

Publicidade