Firmada oficialmente parceria do CIDICA com a UNISINOS para o programa +Startups

0
32
Publicidade

Um grande passo para a inovação e o empreendedorismo de Canela foi dado na tarde desta terça-feira (19). O prefeito Constantino Orsolin, a Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS e o Centro Integrado de Desenvolvimento e Inovação de Canela- CIDICA, assinaram o importante documento de oficialização do programa de incubação de empresas por meio da UNITEC. “É um momento histórico para Canela, estamos transformando-a em uma cidade empreendedora olhando para o futuro, apostando nos jovens e na educação”, manifesta o Secretário Municipal da Fazenda e Desenvolvimento Econômico e idealizador do CIDICA, Luciano Melo.

O +Startups visa auxiliar empresas do ramo tecnológico e startups no seu desenvolvimento integral. Fornecendo suporte, consultorias, planejamento, assessoria e gestão. Sérgio Eduardo Mariucci, reitor da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, explica o papel da educação na solução dos desafios do empreendedorismo. “É importante manter o horizonte da inovação e abrir caminhos para além do turismo na cidade. A universidade precisa ir para a rua, se integrar no mercado e compartilhar conhecimento, buscando a transformação e a evolução dos setores da sociedade”, diz.

A realização dessa ideia só foi possível devido à tríplice hélice, a união da sociedade civil, a universidade e o poder público. O Gestor Executivo da TECNOSINOS, Silvio Bitencourt da Silva, salientou a importância da cooperação público-privada para a localidade. “Se inicia um ciclo virtuoso para Canela, a UNISINOS vai orientar os empreendedores e auxiliar a formar jovens de sucesso. Acreditamos que a articulação da universidade com o poder público seja o caminho para o desenvolvimento regional”, declara.

O prefeito Constantino Orsolin destacou que a aproximação do setor público e da academia tem muito a contribuir para a economia de Canela. “Esse programa é garantia de prestígio na região e tem muito a colaborar para a construção de uma nova matriz econômica em Canela”, conclui.

Foto: André Fernandes

Publicidade

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.