Publicidade

Flávio Chaulet é presença confirmada na Festa Colonial desde 2003. Já participou com a venda de pães e cucas e com o tradicional restaurante colonial.

Flávio relembra com saudade do período que trabalhava com o restaurante colonial. “O restaurante foi um sucesso, e progrediu muito com o passar das edições. Servíamos vários tipos de pratos coloniais e acompanhamentos”, diz. Porém, nesta edição, Flávio optou pela exposição dos embutidos da sua renomada agroindústria, criada em 2015. “Devido a estrutura menor em comparação aos outros anos, escolhi vender os embutidos”, comenta.

“A Festa começou a tomar rumo, está bonita e encanta o turista que vem conhecer a produção local. O colono está alegre, não há atrito, todo mundo trabalha feliz quando está vendendo bem, queremos ficar na praça”, conclui animadamente o colono.

A propriedade da família se localiza na Linha São João e durante o ano todo atendem em suas lojas na Rua Felisberto Soares, no Centro de Canela.

A Festa Colonial, acontece na Praça João Corrêa até 31 de julho, das 10h às 22h, numa realização da Prefeitura Municipal/Secretaria de Turismo e Cultura, Secretaria de Obras, Emater e Sindicato dos Trabalhadores Rurais, com apoio da Sicredi Pioneira – 120 anos e colaboração da Cervejaria Farol.

Fotos: Cleiton Thiele/Serra Press

Publicidade

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.