18.7 C
Canela
quinta-feira, julho 25, 2024
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
InícioEventoSoberanas do Folclore Alemão representam a continuidade da cultura em Nova Petrópolis

Soberanas do Folclore Alemão representam a continuidade da cultura em Nova Petrópolis

Publicidade

Rainha Ana Luiza e princesas Marluce e Camila Caroline são anfitriãs do 51º Festival Internacional de Folclore.

NOVA PETRÓPOLIS – Há 35 anos Nova Petrópolis elege a corte do Folclore Alemão. Uma tradição que perpetua a cultura e o folclore no Município. Rainha e princesas possuem um extenso currículo cultural, comprovando reconhecida experiência e conhecimento. Em abril de 2024, a rainha Ana Luiza Kuhn, a 1ª princesa Marluce Maldaner e a 2ª princesa Camila Caroline Schwaab foram eleitas durante o 35º Baile de Escolha das Soberanas do Folclore Alemão. Desde então, atuam como representantes de Nova Petrópolis em prol da cultura e como anfitriãs do 51º Festival Internacional de Folclore.

Publicidade

As soberanas do Folclore Alemão têm papel muito importante na divulgação do Festival Internacional de Folclore, mas, acima de tudo, são representantes da cultura e do folclore de Nova Petrópolis. Assim definiu a diretora do Setor de Eventos Culturais do Departamento Municipal de Cultura e coordenadora do 51° Festival Internacional de Folclore, Iasmin Schmitt.

Publicidade

“Elas têm cultura, conhecimento, desempenham um papel essencial na manutenção do folclore para o Município e, mesmo após deixar o cargo, seguem cumprindo esse papel em seus grupos folclóricos, em suas comunidades. O papel de soberana do Folclore Alemão é muito importante, pois é ele que auxilia nesta manutenção e nessa continuidade da representatividade do Folclore Alemão em Nova Petrópolis”, completou Iasmin.

Segundo a rainha Ana Luiza Kuhn, “ser soberana do Folclore Alemão, representar nossa cultura, nosso Festival Internacional de Folclore e o Município de Nova Petrópolis é sinônimo de honra e orgulho! Sempre vi nas soberanas uma ponte entre gerações, nutrindo o respeito pelas raízes que moldaram a identidade do nosso povo ao longo da história. Ser soberana do Folclore Alemão é uma forma de agradecer a Nova Petrópolis e a nossa cultura por todos os aprendizados e por contribuírem na formação da minha identidade”.

Manter e perpetuar tão lindas tradições está entre os propósitos da rainha Ana Luiza, que recorda ter alguns espelhos durante a infância. “Lembro das prendas do CTG, das soberanas do Folclore Alemão e, quem sabe, este seja um dos grandes motivos para que eu tenha crescido vivendo a cultura e hoje esteja realizando esse sonho”, disse.

“Ser reconhecida pela comunidade como uma representante da cultura, valorizando cada expressão artística como um elo vivo com nosso passado representará um reinado de sucesso. Quero poder mostrar e exaltar tudo que Nova Petrópolis tem de bonito, o tanto de história, o orgulho e o amor que carregamos no peito”, concluiu a rainha do Folclore Alemão, Ana Luiza Kuhn.

A 1ª princesa do Folclore Alemão, Marluce Maldaner, diz que ser soberana do Folclore Alemão sempre foi um grande sonho, pois este papel representa a conexão com a história e os valores de uma comunidade, transmitindo sabedoria, liderança e a preservação das tradições ao longo das gerações, segundo ela.

“Estou verdadeiramente honrada por esta oportunidade e comprometida em servir com integridade e dedicação este evento tão grandioso, o 51º Festival Internacional de Folclore. Essa experiência me permite continuar a ser uma guardiã dedicada de nossa cultura, celebrando nossa rica herança, divulgando e representando com muito orgulho, valorizando e dando continuidade aos costumes e à cultura, seja através da dança, do canto, do teatro, do idioma e do bolão”, expressou a 1ª princesa Marluce.

A soberana também lembrou que a diversidade cultural de Nova Petrópolis estará ainda mais evidente durante o Festival Internacional de Folclore, um evento que é referência. “O Festival Internacional de Folclore tem um papel muito importante em mostrar aos que vêm para Nova Petrópolis que o povo aqui sabe de onde veio, sabe que tem uma herança cultural e sabe que tem que transmitir esse legado para as gerações futuras. Manter para jamais esquecer”, enalteceu.

No papel de soberana, a 2ª princesa do Folclore Alemão, Camila Caroline Schwaab, busca “perpetuar cada detalhe do nosso folclore, cada canto encantador que o nosso Município possui e levar a nossa essência aos mais diversos locais. Irradiar o brilho do nosso Festival para as demais gerações e mostrar o quão grandioso e gratificante o folclore se torna em nossa vida, através das oportunidades e conhecimentos ricos que colecionamos nesta caminhada. Não somente a imagem da princesa com coroa, quero que as crianças se sintam abraçadas pela nossa cultura, pelo nosso amor pelo folclore e pelo nosso Município”, disse Camila.

A rainha Ana Luiza Kuhn, a 1ª princesa Marluce Maldaner e a 2ª princesa Camila Caroline Schwaab, soberanas do Folclore Alemão 2024/2025,representam a continuidade da cultura em Nova Petrópolis e são anfitriãs do Festival Internacional de Folclore, que ocorre de 19 de julho a 4 de agosto. Durante 17 dias, a corte estará de braços abertos para receber visitantes, artistas e folcloristas em Nova Petrópolis.

O 51º Festival Internacional de Folclore de Nova Petrópolis é uma realização da Associação dos Grupos de Danças Folclóricas Alemãs e da Prefeitura de Nova Petrópolis. O evento integra o calendário anual da IOV – Organização Internacional de Folclore e Artes Populares, o calendário de eventos oficiais do Rio Grande do Sul e, em 2024, as comemorações alusivas ao Bicentenário da Imigração Alemão no Brasil.

Publicidade


Publicidadespot_img
Artigos Relacionados
Leia também
CANELA | A tradicional Festa Colonial de Canela contará com um evento especial neste domingo, 28 de julho. A partir das 15h, ocorrerá a aguardada escolha das soberanas, um dos momentos mais esperados da celebração. As candidatas desfilarão e...
REGIÃO | Em 18 unidades prisionais do Estado, são produzidos itens em oficinas de marcenaria para pessoas atingidas pelas enchentes. Até o momento, já foram confeccionados 216 móveis, como berços, camas e armários, 287 casinhas para cachorros e cerca...
Publicidade
Publicidade

Populares

Leia Mais

Iniciar conversa 👍
1
Seja bem vindo!
JD Canela
Olá! 😀
Quer receber notícias no seu WhatsApp?
Entre no nosso Canal de notícias.
Nos envie um "oi" e te enviamos o link para participar.