Prefeitura projeta retornos as aulas presenciais com segurança para estudantes e professores

0
103
Publicidade

Diante das incertezas jurídicas que norteiam o retorno das aulas presenciais no Estado, a Prefeitura de Gramado, por meio da Secretaria da Educação, Secretaria da Saúde, Gabinete de Crise e Centro de Operações de Emergência (COE) Gramado, têm se reunido para a organização do plano de retorno das aulas presenciais nas escolas, previstas para ocorrer na próxima quarta-feira (05). O objetivo do grupo é garantir a organização e o retorno seguro de estudantes e professores.

Nesta terça-feira (27), membros do Gabinete de Crise e da Vigilância Sanitária percorrerão as escolas para vistoriar as estruturas e a aplicação dos protocolos sanitários. “Para que isso ocorra de maneira efetiva, é preciso estabelecer um plano bem definido, organizado e seguro, com base nas determinações das Secretarias de Saúde e Vigilância Sanitária”, explica a secretária de Educação, Simone Tomazelli Andreis.

Publicidade

Para garantir a segurança, a Prefeitura de Gramado realizou a aquisição de equipamentos de proteção individual (EPI’s) para todos os profissionais das escolas, além da sanitização dos espaços. “Queremos proporcionar aos profissionais, estudantes e seus familiares segurança ao retorno presencial das aulas. Mesmo com dificuldades financeiras, a Prefeitura se encarregará de garantir que nossas crianças estejam bem assistidas e seguras”, disse o prefeito Nestor Tissot.

A Secretaria da Educação reforça que as escolas terão à disposição dos estudantes itens de higienização. As escolas terão Planos de Contingência previamente elaborados juntamente ao Centro de Operações de Emergência em Saúde para a Educação. “Vamos ter uma comissão formada por membros do COE, Vigilância Sanitária e Conselho Municipal da Educação, a fim de garantir que todas as regras e protocolos sejam seguidos por todos”, destaca Simone.

De acordo com a secretária, o transporte escolar, entrega e preparo da merenda dos estudantes já estão organizados. “Aguardamos uma decisão definitiva do governo do Estado para retomar as aulas presenciais. Havendo o consentimento do Governo e da Justiça estaremos a postos para recepcionar os estudantes nas escolas e garantir o retorno seguro de todos”, conclui Simone.

Crédito: Divulgação