Polícia Rodoviária de Gramado recebe um dos veículos históricos do Comando Rodoviário da BM

0
234
Viatura Ford Rural Willys 1976 ficará em exposição até a próxima semana
Publicidade

Na manhã desta sexta-feira, (16), o 2º Pelotão Rodoviário de Gramado recebeu uma das viaturas históricas do Comando Rodoviário. O veículo, Ford Rural Willys, ano 1976, pertencente ao Acervo Histórico da Sede do Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), permanece preservada e em condições para ser utilizada em exposição em eventos de grande porte.

O Acervo do CRBM contempla outras viaturas que também fizeram história dentre os veículos mais apreciados e lembrados pelos policiais que serviram a Instituição no passado e certamente para os amantes de veículos antigos.

Publicidade

O Pelotão Rodoviário de Gramado é o primeiro a receber uma das viaturas pertencentes ao Acervo. O objetivo da exposição dos veículos históricos é poder contar um pouco da História do Comando Rodoviário e principalmente aproximar e integrar os policiais rodoviários com a comunidade que poderá visitar e tirar fotos.

Publicidade

Confira a história das viaturas:

Jeep Willis (1970)

Os Jeep com capota de aço e xadrez, oriundos da extinta Divisão de Rádio Patrulha da Guarda Civil (DRP), vieram também para integrar a frota da Cia PRM.

Ford Rural Willys (1976)

Marcou a criação da Companhia de Policiamento Radiomotorizado (Cia PRM). O serviço iniciou com 11 viaturas Rural Willis, oriundas de unidades do interior do Estado, equipadas com rádio transmissor-receptor, com uma estação de comando localizada no Quartel do Comando-Geral.

Volkswagen Fusca (1986) e Chevrolet Veraneio (1988)

Com a extinção da Guarda Civil, a Brigada Militar assumiu o policiamento ostensivo e de trânsito. O reforço de novas viaturas, entre elas, VW Fusca e GM Veraneio, dinamizou o atendimento de ocorrências policiais.

Chevrolet Opala (1987)

O modelo marcou a transição de Companhia de Policiamento Radiomotorizado (Cia PRM) para Batalhão de Polícia Rádio-Motorizado.

Harley-Davidson (2008)

Utilizada pelo Pelotão de motos, o velocímetro chega a 200km/h, dinamizando o policiamento.

Publicidade