Polícia Civil prende três homens acusados de matar o contabilista Antonio Cavalli

94
Foto: Divulgação/Policia Civil
Publicidade

A Polícia Civil de Canela deflagrou a Operação Bonsai, no final da tarde desta terça-feira (09), ocasião em que prendeu três investigados pelo roubo seguido de morte da vítima Antonio Ide Cavalli, contador de 69 anos abordado em sua casa na noite de 05 de dezembro de 2020, no centro da cidade.

O Delegado Vladimir Medeiros, titular da Delegacia de Polícia de Canela e responsável pelas investigações, informou que os três criminosos foram responsáveis por entrar no prédio da vítima na noite do crime, matando-a para, depois, levar seu corpo utilizando o Kia Sportage do contador, que restou incendiado em Parobé. “Trata-se da investigação policial mais complexa desenvolvida pela Polícia Civil de Canela nos últimos anos”, destacou a autoridade policial, que referiu haver outros investigados identificados pela equipe policial.

Publicidade

O Delegado Heliomar Franco, Diretor da Delegacia Regional de Gramado (2ª DPRI), ressaltou que as ocorrências criminais de maior gravidade têm recebido as devidas prioridades e sido solucionadas com a identificação e prisão de seus autores, sendo que este latrocínio foi prioridade para a equipe policial desde o início das investigações.

Publicidade