Polícia Civil identifica autor do primeiro homicídio do ano e trabalha para prende-lo

0
34
DP Canela
Publicidade

A Polícia Civil considera esclarecido o primeiro homicídio praticado na cidade em 2022. Segundo o Delegado Vladimir Medeiros, titular do órgão policial, a morte de Leonardo Adão Pinto Duarte, de 61 anos, foi causada após briga de grupo que consumia drogas em conjunto. O corpo da vítima foi encontrado na tarde da segunda-feira passada (10) no Bairro Boeira, apresentando ferimento na cabeça.

A Polícia Civil de Canela vem investigando o fato desde então, tendo apurado os nomes do autor e testemunhas. O local em que encontrado o corpo da vítima é utilizado por usuários para consumirem drogas.

Publicidade

O Delegado Vladimir Medeiros elogiou a equipe de policiais civis, que se dedicou à investigação e apurou, inclusive durante o final de semana, os fatos, elucidando mais uma morte violenta em Canela. A autoridade policial seguirá com as investigações, inclusive para pedir a prisão do autor, que não foi encontrado desde o crime.

Família discorda que a vítima tivesse envolvimento com drogas

Os famíliares da vítima não concordam com a informação de que a vítima tivesse envolvimento com drogas. Uma sobrinha que mora em Porto Alegre, mas que esteve com o tio pouco antes do Natal relatou que ele havia dito que uma usuária de drogas o havia procurado para pedir ajuda. Com relação ao fato de ter se envolvido em briga, salientam os familiares que Leonardo não seria capaz de agredir ninguém. Amigos que o conheciam também relatam que se tratava de uma pessoa de bom coração. Contudo, tanto familiares como amigos confirmam que ele tinha problemas de alcoolismo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.