23.3 C
Canela
domingo, abril 14, 2024
spot_img
spot_imgspot_img
InícioSegurançaPolícia Civil e Bombeiros buscam por idoso desaparecido há mais de um...

Polícia Civil e Bombeiros buscam por idoso desaparecido há mais de um mês em Três Coroas

Publicidade

Policiais Civis de Três Coroas, juntamente com equipe dos Bombeiros voluntários e militares com cães especializados em resgate, realizaram a 25ª incursão em mata na busca por idoso desaparecido. As buscas iniciaram na manhã de segunda-feira (28), ocasião em que uma equipe vinda de Porto Alegre, especializados em resgate com uso de cães farejadores de pessoas vivas e mortas, efetuaram buscas durante todo o dia, percorrendo cerca de cinco quilômetros em mata. No entanto, apesar do esforço, não foram encontrados quaisquer indícios de localização do senhor Selvio Colombo, de 66 anos de idade.

O idoso está desaparecido desde o dia 13/07/2023, após ter saído de casa no final da tarde para buscar uma égua na propriedade rural em que residia com a familia, situada na localidade de Canastra Alta, interior do município de Três Coroas. Os cães utilizados nas buscas são especializados, também, em buscas por cadáver, inclusive enterrados ou submersos, e iniciaram os trabalhos de farejamento no entorno do sítio e casa em que a vítima vivia com esposa, enteada e filha, partindo em seguida por trilha em matagal da propriedade que o idoso teria rumado para supostamente buscar uma égua que estava pastando.

Publicidade

Após as buscas se estenderem por cerca de 5km, o serviço de resgate foi finalizado as 17h30min sem sucesso na localização do idoso. Conforme informou o Delegado de Polícia Ivanir Luiz Moschen Caliari, responsável pelas investigações, esta foi a vigésima quinta diligência de busca realizada nas propriedades da família, que somam mais de 60 hectares de área, em sua maior parte tomada de mata fechada.

Publicidade

O Delegado Caliari destacou que após as buscas os trabalhos de investigação não cessaram, na medida em que foram realizadas no final da tarde do mesmo dia, ainda, perícias com o Departamento de Criminalística do IGP, através de uso e aplicação da substância luminol, capaz de identificar sangue humano em superfícies mesmo após o decurso de longo período, no intuito de apontar um possível local de execução de morte na casa e galpões da propriedade da família do desaparecido, medida que foi autorizada por mandado judicial de busca e apreensão. Preliminarmente, não foi identificado pelos peritos algum ponto específico que fosse suspeito de ter sido um local de morte violenta nas edificações e entorno da propriedade da família do idoso, contou o Delegado Caliari, tendo sido apenas coletados para o laboratório de identificação genética alguns pontos isolados com possível gotejo de sangue humano, muito natural em locais de desempenho de lides agropecuárias, como ocorre no contexto daquela família, em que todos desempenham tais atividades.

Além de tais medidas, foram realizados afastamento de sigilo bancário de três contas do idoso, sem que movimentações suspeitas ou, até mesmo, atuais fossem verificadas. O idoso não tinha telefone celular, saiu de casa somente com a roupa do corpo, sem documentos, cartões bancários, deixando em casa sua carteira contendo mil reais, sendo que por se tratar de propriedade rural, nenhuma testemunha o viu, após ter saido de casa, onde estava com esposa, enteada e filha.

Fonte: Polícia Civil de Três Coroas

Publicidade


Artigos Relacionados
Leia também
CANELA - Nesta semana o Delegado Vladimir Medeiros completou dez anos como titular na DP de Canela, o que é sem dúvida uma marca importante. Foi um grande presente que a comunidade canelense e a região ganhou com a...
Competição é realizada em parceria com a aceleradora Ventiur e premiou vencedora com R$ 200 mil GRAMADO - Em mais uma edição da Gramado Summit, por meio de uma parceria com a Ventiur Smart Capital, aceleradora de startups, foi realizada...
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Populares

Leia Mais

Iniciar conversa 👍
1
Seja bem vindo!
JD Canela
Olá! 😀
Quer receber notícias no seu WhatsApp?
Entre no nosso grupo de notícias.
Nos envie um "oi" e te enviamos o link para participar.