Pedro Henrique foi morto após participar de uma festa com amigos

0
129
Publicidade

A Polícia Civil de Canela esclareceu as circunstâncias do homicídio praticado dia primeiro de maio no Bairro Santa Marta. Após acionados, policiais civis passaram a investigar o crime poucas horas depois de ocorrido, quando encontrado o corpo de Pedro Henrique Boff da Silva, de 19 anos, em um matagal na entrada do Bairro Santa Marta, nas esquinas das Ruas Primeiro de Janeiro e Olaria.

O Delegado Vladimir Medeiros, titular da Delegacia de Polícia de Canela e responsável pelas investigações, informa que a Seção de Investigação trabalhou a partir daquele final de semana para apurar as circunstâncias do crime e identificar os autores do homicídio. A perícia foi acionada para realizar exames no local e no corpo da vítima. Medeiros informa que a vítima foi atraída ao terreno baldio na madrugada do dia primeiro de maio, após estar em uma festa com amigos e conhecidos. Dois criminosos foram identificados pela Polícia Civil. Eles teriam atraído a vítima ao local para que juntos fizessem uso de drogas no terreno. A vítima foi atingida por um golpe de paralelepípedo na cabeça, sendo atingida de surpresa pelas costas. Quando caiu, os dois criminosos passaram a agredir ainda mais a vítima, principalmente com pedradas na cabeça. Após, deixaram o local em fuga e a vítima no terreno, onde foi encontrada no início da manhã sem vida.

Publicidade

O Delegado Vladimir Medeiros informou que sua equipe, com técnica e dedicação, identificou os autores do crime algumas horas depois do fato. Na Delegacia de Polícia, os dois foram ouvidos, tendo um deles negado a prática do crime, mas o segundo autor confessou o crime, alegando, no entanto, legítima defesa. Um deles apresente antecedentes policiais. Medeiros informou que a Polícia Civil de Canela considera esclarecidos os fatos, tendo sido representado pela decretação da prisão preventiva de ambos os autores ainda no início da semana passada, devendo as investigações ser concluídas nos próximos dias.

Medeiros informou que este foi o sétimo crime de homicídio praticado em Canela neste ano, sendo que a Polícia Civil já concluiu com êxito as investigações policiais na grande maioria dos fatos, reiterando seu compromisso junto à comunidade canelense em apurar reponsabilidades em todos os crimes contra a vida na cidade recentemente.

Publicidade