Operação conjunta resulta na apreensão de 15 mil carteiras de cigarros contrabandeados

0
50
Publicidade

Uma operação conjunta das forças de segurança do Vale do Paranhana resultou em uma grande apreensão de cigarros contrabandeados, na tarde de quinta-feira (04). Brigada Militar, através das guarnições de Três Coroas, Igrejinha e Batalhão Rodoviário (BRBM), juntamente com a Polícia Civil de Três Coroas realizaram a ação que culminou na apreensão de 15 mil carteiras de cigarros ilegais. O carro com parte da carga foi abordado em Três Coroas, posterior na casa do autor, em Igrejinha, foi encontrado o resto do material ilícito.

Por volta das 17 horas, uma denúncia anônima, via 190, informou que um veículo Celta de cor prata, placas de Parobé, estaria sendo carregado de cigarros contrabandeados em uma residência em Igrejinha. Conforme o denunciante, após carregar o carro, este deslocou em direção a Três Coroas. Rapidamente foi informada as guarnições da Brigada Militar de Igrejinha, Três Coroas, bem como o efetivo do Batalhão Rodoviário (BRBM) de Taquara.

Publicidade

Foi realizado cerco policial, onde o automóvel foi avistado na RS 115, porém na tentativa de abordagem este não parou e fugiu. Após acompanhamento o suspeito foi abordado pela guarnição da Força Tática do BRBM, já no Bairro Quilombo em Três Coroas, após parar o carro e tentar seguir a pé por uma mata.

O motorista de 41 anos foi identificado, e em revista veicular foi encontrado 10 caixas grandes (cinco mil carteiras de cigarros), contendo cigarros contrabandeados. Foi dada voz de prisão ao mesmo encaminhado a delegacia. Durante o registro o autor confirmou que em sua casa, na cidade de Igrejinha, de onde partiu, servia como depósito para cigarros contrabandeados.

Então as guarnições da BM e da Polícia Civil foram ao endereço onde encontraram outras 20 caixas grandes de cigarros também contrabandeados. O autor foi preso em flagrante por descaminho.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.