Meio Ambiente divulga material educativo sobre a Fauna Silvestre atropelada

54

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente divulgou nesta sexta-feira, 12, material educativo sobre a Fauna Silvestre atropelada. Confira abaixo mais informações sobre o assunto:

Fauna Silvestre atropelada

Publicidade

Estima-se que número de animais mortos em rodovias brasileiras, a cada ano, pode ultrapassar os milhões. A morte de animais por atropelamento tem sido identificada como uma das principais ameaças à vida selvagem. Este problema geralmente, é agravado em rodovias com grande fluxo de veículos e que cruzam áreas de mata. Muitas espécies de animais necessitam cruzar estradas em seus deslocamentos diários, para busca de alimento ou encontrar parceiros para reprodução, aumentando as chances de atropelamento.

Publicidade

Em Gramado

Os gambás-de-orelha-branca, Didelphis albiventris, são os animais com maior índice de morte nas estradas de Gramado. Em fevereiro de 2020, foi encontrada uma fêmea, vítima de atropelamento, com sete filhotes, em uma via municipal cujo limite de velocidade não deveria ultrapassar 40 km por hora. O que causa perplexidade, neste caso específico, é que a fêmea de gambá foi atropelada sobre a lombada e próximo ao meio-fio.

Descarte irregular de embalagens de produtos alimentícios

O descarte irregular de embalagens de produtos alimentícios, jogadas pelas janelas dos veículos ao longo das vias, atraem animais em busca de alimento, aproximando-os do perigo das estradas.

Dever ecológico

A Secretaria do Meio Ambiente ressalta que cada ser vivo cumpre uma função ecológica importante na natureza, como por exemplo, ser dispersor e semeador de sementes, controlador natural de pragas, bioindicador de qualidade do ambiente, entre tantas outras funções relevantes para o equilíbrio ambiental. Respeitar a vida silvestre deve ser compromisso de todos e, somente desta forma, os animais terão uma chance de sobrevivência.

Para mais informações sobre maneiras de evitar os atropelamentos, confira os folders sobre Atropelamento de Fauna Silvestre: Clique Aqui