ESCOLHA SEMPREA A SABEDORIA!

19
Publicidade

“Em Gibeom, Jeová apareceu em sonho a Salomão  durante a noite, e disse: “Pede o que desejares e Eu te darei”. Ao que Salomão respondeu: “Dá, portanto, a teu servo um coração sábio, que possa discernir entre o bem e o mal a fim de que eu possa governar o teu povo com justiça e equidade, pois sem a sabedoria que vem de ti quem pode governar este teu grande povo?

1Reis 3.5;9

Publicidade

Prezado Leitor,

Publicidade

É sabido que Salomão foi o rei de Israel que sucedeu seu pai Davi. Dentre os filhos de Davi, Deus escolheu Salomão ainda em sua tenra idade. Conforme o texto bíblico transcrito acima, o próprio Senhor perguntou a Salomão o que ele gostaria de ganhar. Observe que ele podia ter pedido qualquer coisa, desde as maiores riquezas materiais até as grandes conquistas territoriais e politicas do mundo naquela época. Mas não, ele pediu por sabedoria, por sabedoria divina que provém das mansões celestiais.

Salomão reconheceu assim que o bem mais precioso que um homem pode ter é a sabedoria, pois com ela podemos conquistar coisas que nem mesmo ousaríamos sonhar! E para comprovar que isto é verdade, Salomão é reconhecido como o homem mais sábio e rico (observar que ele pediu a Jeová sabedoria; não pediu por ouro nem prata) que existiu na face da terra. Somente o templo que ele construiu a Deus valeria nos dias atuais a quantia de 500 bilhões de dólares, sem contar o palácio onde vivia e outras tantas propriedades que possuía. Além disto, Salomão soube ser um rei justo, equilibrado e temente ao Criador.

Os livros de Provérbios e de Eclesiastes estão repletos de ensinamentos sobre a sabedoria, da sua importância e aplicação em nossas vidas diárias ainda nos dias contemporâneos. Devemos estar atentos e focados para a importância que a sabedoria divina pode exercer e deixarmos que ela assuma papel central em nossas vidas – seja em nossa vida familiar, profissional, estudantil, ministerial e social. A sabedoria deve preceder nossas ações, reações e atitudes, para que sejamos exitosos, justos e prósperos em tudo que fizermos.

Do contrário, observe que praticamente todos os vencedores de prêmios de loteria de vinte anos atrás encontram-se atualmente pobres, porque não tinham sabedoria para administrar suas fortunas. Outro exemplo válido são jogadores de futebol (não todos), que queimam suas fortunas com drogas, mulheres e investimentos malfadados.

Se nessa noite o Senhor Jeová lhe aparecer num sonho, como fez a Salomão, e lhe fizer a mesma pergunta, o que você pediria com convicção a ele? Peça a Deus por sabedoria, medite nela, viva-a. E se assim proceder de forma consistente e contínua, você será elevado a um patamar superior nunca antes imaginado.