EMEI Dináh Reis Signori mudará de endereço para melhor atender as crianças

0
67
Publicidade

A Secretaria Municipal de Educação, em parceria com uma empresa terceirizada, prepara um novo espaço para abrigar a EMEI Dináh Reis Signori, atualmente instalada junto ao Parque do Sesi, que atende 88 crianças de maternal a pré-escolar, e conta com 19 servidores, sendo que 18 alunos (Pré II) ingressam no Ensino Fundamental no próximo ano. A escola funcionará no próximo ano letivo (a partir de fevereiro de 2022) em um prédio que está sendo construído no mesmo terreno da Escola Infantil Adriana Spall Wingert, localizado na Rua Godofredo Raymundo, Nº 1169.

As novas instalações contarão com cinco salas de aula de 50m² cada, todas com banheiros e uma sala de administração. No primeiro momento o refeitório será compartilhado com a EMEI Adriana Spall seguindo todos os protocolos necessários, além de um escalonamento de turmas organizado pelas duas gestões escolares.
Uma área coberta também será construída interligando os dois prédios das instituições, podendo ser utilizada como espaço de esporte e lazer em dias de chuva. No pátio, que conta com um amplo espaço cercado, duas pracinhas com diversos brinquedos serão instaladas para atender as crianças das duas instituições, além do projeto horta e outras ações que serão desenvolvidas pelas escolas.

Publicidade

ANTIGAS INSTALAÇÕES

Quando a Secretaria Municipal de Educação acertou com o SESI o empréstimo do espaço, a administração sabia que seria por um determinado período. A secretária Janete da Silva Santos, assim que assumiu a pasta, recebeu apontamentos de que a escola Dináh estava funcionando sem autorização para desenvolvimento das atividades, estando instalada em um prédio de madeira, o que a legislação federal e decreto municipal não permitem.

“Estamos mudando para um espaço com salas amplas e dentro das normas técnicas permitidas! Somos gratos ao SESI pela cedência do espaço, onde a área de lazer poderá continuar sendo utilizada pela comunidade da Dináh e por outras escolas, como sempre aconteceu”, destaca a secretária Janete. “Quero deixar bem claro à comunidade que não estamos com descaso com nossos alunos, a mudança é necessária por questões de segurança. Prefiro ser criticada pelos pais pela a troca de endereço ser feita sem nada de grave ter acontecido, do que ser julgada se algo de grave acontecer e a secretaria nada ter feito para evitar. Tenho certeza que no futuro vocês vão me entender”, finalizou Janete.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.