POR FAVOR, NÃO SEJA AUTOSSUFICIENTE!

29

“Assim diz o Senhor: maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do Senhor”

Jeremias 17.5

Publicidade

Estimado Leitor(a),

Publicidade

A literatura dos tempos atuais, em especial o segmento denominado “autoajuda”, apregoa de forma veemente o antropocentrismo, de forma que todas as soluções para os problemas do homem residem nele próprio. Se está doente, o remédio está contido em si; se passa por escassez financeira, seus pensamentos são suficientes para atrair a abundância desejada; se está sofrendo devido a uma crise sentimental, ele se basta; e por aí vai …

Em resumo, os livros de autoajuda defendem a autossuficiência do ser humano. E infelizmente estas são as obras mais apreciadas pela grande massa, o que acaba incutindo esta ideia na mente das pessoas e, por consequência, influenciando seus comportamentos.

Isto é um erro grave e tem consequências desastrosas! Na verdade, o próprio Deus, conforme o versículo bíblico acima, exortou metaforicamente o homem que tenta resolver as coisas à sua maneira, com seus próprios recursos, e se mantém distanciado Dele. O Senhor, como nosso Pai, quer que nos acheguemos a Ele, que tenhamos um relacionamento íntimo com Ele, que dependamos Dele! O sentimento humano de autossuficiência entristece o coração do nosso Criador – Ele não fez o homem a sua imagem e semelhança para que viva apartado da Sua presença.

Há um ditado que diz o seguinte: “a dependência é a manobra do mal”. Isto é verdade, mas com uma exceção – devemos nos ser dependentes do Senhor. Em todo o tempo, sem exceção!

Muito mais poderia discorrer, mas para ser objetivo e deixar esta mensagem clara e semeada em seu coração, quero afirmar que ser dependente de Deus é um bálsamo para nossas vidas. Poder contar com o aconselhamento sábio e infalível Dele tem um efeito impensável e benigno. Todas as verdadeiras providências, soluções e curas provêm do Céu e de nenhum outro lugar – seja abençoado ao viver pautado nesta inquestionável verdade que o próprio Deus instituiu!     

Publicidade