Polícia investiga duplo homicídio e divulga imagens da ação criminosa

18

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Polícia de Canela, investiga crime de homicídio com três vítimas no Bairro Eugênio Ferreira. Três homens foram atingidos por disparos de arma de fogo no interior de uma residência na madrugada desta quinta-feira (14), por volta das 0h25min, ocasião em que dois deles morreram no local e um terceiro foi socorrido em estado grave. Na ação criminosa, foram mortos Tiago Ricardo da Silva Santos, de 29 anos, e Anderson Alves Vida, de 43 anos. Pablo Leonardo Bernardes, de 25 anos, também foi atingido por disparos de arma de fogo, sendo socorrido ao Hospital de Caridade de Canela em estado grave e posteriormente transferido para hospital da região metropolitana. A Polícia Civil trata o caso como execução ligada ao tráfico de drogas. No local, que funcionava como ponto de venda para o tráfico, foram apreendidas porções de drogas.

O Delegado Vladimir Medeiros, titular da Delegacia de Polícia de Canela, refere que, pelas investigações preliminares, pelo menos dois criminosos chegaram à residência em que se encontravam as vítimas, na Rua João Simplício, efetuando cerca de 12 disparos com revólveres, logo deixando o local em fuga a pé.

Publicidade

A movimentação dos criminosos está sendo apurada pelos policiais civis, inclusive com a análise de imagens de sistemas de segurança, que chegaram a captar a entrada e saída dos criminosos na residência em que estavam as vítimas, podendo-se ouvir os disparos efetuados.

Publicidade

O Delegado Vladimir Medeiros informa que este é o primeiro homicídio do ano na cidade e que está sendo tratado com prioridade pelo órgão policial. A autoridade policial destaca que os fatos não têm relação com a morte de Rafael Narciso Schuck, de 26 anos, ocorrida na última semana em Canela após discussão entre vizinhos e briga, destacando que o atestado de óbito indicou, preliminarmente, como sendo overdose a causa de sua morte, mas que aguarda o laudo oficial da perícia realizada para concluir sobre os fatos.

A Polícia Civil de Canela não adianta detalhes sobre a investigação. De acordo com o Delegado Vladimir, o trabalho é ininterrupto desde a madrugada, quando acionada sua equipe, que trabalha no caso com prioridade. A autoridade policial divulgou imagens de câmeras de segurança, sendo possível verificar que dois criminosos chegam à residência das vítimas, entram no pátio da casa e permanecem por poucos segundos, saindo para a rua novamente. Poucos minutos depois, os mesmos criminosos retornam, entram no pátio da casa e, após poucos minutos, efetuam cerca de doze disparos com revólveres, saindo da casa à pressas e a pé.

A Polícia Civil de Canela solicita que informações sobre a autoria e paradeiro dos criminosos sejam repassadas por telefone, sendo resguardado o sigilo, para 54-3282.1212 ou whatsapp 54-9614.4216.