Polícia Civil recebe o selo Delegacia Amiga dos Animais

25
Publicidade

A Polícia Civil de Canela, que tem forte atuação na proteção dos animais na cidade, recebeu reconhecimento do trabalho desenvolvido e obteve, nesta semana, o “Selo Delegacia Amiga dos Animais”. O selo insere a Delegacia de Polícia de Canela entre outras do Estado com destacada atuação na proteção animal e combate aos crimes de maus-tratos.

Desde o início de abril está em vigor um projeto que institui cartórios especializados na investigação de crimes de maus-tratos e crueldade contra os animais em todo o Estado. São as Delegacias de Polícia Amigas dos Animais, cujo selo foi lançado em 5 de abril.

O projeto tem por objetivo atender uma demanda antiga dentro da Polícia Civil e surge menos de meio ano depois da aprovação da lei que aumenta a punição para o crime de maus-tratos contra cães e gatos para 2 a 5 anos de reclusão, além de multa e a proibição da guarda do animal.

Publicidade

A legislação protege animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, incluindo cães e gatos, que, aliás, por serem os animais mais comuns em residências, são as principais vítimas. Agredir fisicamente, deixar sem comida ou água, sem abrigo adequado ou não procurar um médico veterinário em caso de doença do animal configuram maus-tratos.

Em Canela, a Polícia Civil possui a atuação especializada do Cartório de Vulneráveis e Questões Ambientais, criado em parceria com a ABASC em 2014, que tem forte atuação na defesa dos animais e no combate aos crimes de maus-tratos, inclusive com ações constantes realizadas em parceria com a ONG Amigo Bicho e a Secretaria Municipal do Meio Ambiente.