Polícia Civil prende traficante que atuava nas imediações de escola

0
48
Publicidade

Na tarde de terça-feira (14) , a Polícia Civil prendeu em flagrante um homem suspeito de atuar na venda de drogas em Gramado, especialmente nas proximidades de escolas.
Após monitorar o suspeito, visto em atitude suspeita nas imediações de uma escola no Bairro Floresta, em Gramado, foi realizada a abordagem na Rua Tristão de Oliveira, no mesmo bairro. Em poder do suspeito foi apreendida porção de cocaína, valores em dinheiro fracionado e um celular/smartphone.

Na sequência, em frente à casa do investigado, onde também ocorria o comércio de drogas, foram detidos dois usuários que estavam no local para adquirir cocaína com o suspeito, os quais foram detidos e ouvidos da Delegacia de Polícia.
O suspeito é bastante conhecido da Polícia Civil, tendo sido preso inúmeras vezes por tráfico de drogas.

Publicidade

Além de vender drogas nas proximidades de uma escola no Bairro Floresta, a casa do suspeito, onde também era realizada a venda de entorpecentes, localiza-se nas imediações de outra escola, no Bairro Piratini. A ação faz parte da Operação Anjos da Lei, da 2 Delegacia de Polícia Regional, com sede em Gramado, que objetiva reprimir, permanente, o tráfico de drogas nas proximidades de escolas.
A prisão foi realizada pela Delegacia de Polícia de Gramado, responsável pelas investigações, com representação da Polícia Civil pela prisão preventiva do suspeito.

Lideranças presas

Já na quarta-feira(8), a Polícia Civil prendeu preventivamente um homem e uma mulher por envolvimento no tráfico de drogas em Gramado. A mulher foi presa em um sítio, na cidade de Igrejinha, enquanto o homem já se encontrava recolhido ao sistema prisional, de onde comandava as ações de facção que busca espaço no narcotráfico na cidade, além de atuar em assaltos e crimes correlatos, o que foi apurado durante as investigações. A mulher, conforme apurado pela Polícia Civil, era pessoa de confiança do apenado, cumprindo suas determinações relacionadas às atividades criminosas.

A mulher foi encaminhada ao sistema prisional, enquanto o homem teve a nova prisão informada ao presídio em que se encontra recolhido. As prisões foram realizadas pela Delegacia de Polícia de Gramado, responsável pelas investigações.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.