14 C
Canela
sexta-feira, junho 21, 2024
spot_imgspot_img
spot_img
spot_img
spot_imgspot_img
InícioPrefeituraObras em loteamento irregular foram embargadas em Canela

Obras em loteamento irregular foram embargadas em Canela

Publicidade

Operação conjunta mobilizou Prefeitura, Patram e Polícia Civil.

O combate as construções em loteamentos clandestinos e as invasões de áreas segue no foco do Poder Executivo e das forças de segurança do município. No início desta semana uma operação conjunta envolveu servidores do Departamento de Fiscalização da Prefeitura de Canela, policiais da Patram – 2ª Pelotão de Policiamento Militar Ambiental e da Polícia Civil, com o objetivo de coibir o avanço de construções em uma área localizada no bairro São Luiz.

Publicidade

No loteamento irregular a equipe constatou a construção de cinco novas edificações, sendo que algumas são de grande porte. As obras foram imediatamente embargadas pelos servidores da Prefeitura e um indivíduo que já havia sido notificado acabou detido pelas forças de segurança pela prática de crime ambiental. “O que impressionou desta vez foi o tamanho das construções, com obras grandes, sem nenhuma documentação e que certamente colocariam em risco as pessoas que fossem residir nestes locais”, alerta José Everaldo da Silva, diretor do Departamento de Fiscalização.

Publicidade

INFORMAÇÕES SOBRE IMÓVEIS E ÁREAS ESTÃO DISPONÍVEIS NA PREFEITURA

A especulação imobiliária em áreas públicas invadidas, o comércio de terrenos em loteamentos irregulares e o alto preço dos imóveis em Canela e na região acabam fazendo com que muitos cidadãos busquem alternativas que não estão de acordo com a legislação. O secretário de Meio Ambiente, Alfredo Schaeffer, destaca que o parcelamento do solo (loteamento e venda de terrenos) sem projeto aprovado e sem licenciamento ambiental é configurado como crime contra a administração pública e crime ambiental. “Muitas pessoas acabam sendo vítimas, comprando terrenos em loteamentos clandestinos sem saber”, avalia o secretário.

Para evitar prejuízos e transtornos o Departamento de Fiscalização da Prefeitura está à disposição da população para prestar informações, esclarecer dúvidas sobre terrenos, matrículas e áreas, e também receber denúncias. O contato pode ser feito pelo telefone de plantão: (54) 9.9176-9498. “Vender terrenos clandestinos ou desrespeitar os embargos das obras são crimes! Vamos continuar atuando em parceria com os órgãos de segurança”, ressalta o fiscal Saulo Pavan Ecker.

Fotos: André Fernandes

Publicidade


Publicidadespot_img
Artigos Relacionados
Leia também
CANELA - Em um esforço para avaliar e apoiar a comunidade cultural de Canela, a Secretaria de Turismo e Cultura, através do Departamento de Cultura, lançou um formulário intitulado “Levantamento da Situação dos Agentes Culturais do Município de Canela...
GRAMADO - A Polícia Civil, através da DP de Gramado, apreendeu na tarde desta quinta-feira (20/06) máquinas de caça níqueis que estavam em funcionamento em um bar na cidade.A Delegada Fernanda Aranha refere que as máquinas foram apreendidas configurando...
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Populares

Leia Mais

Iniciar conversa 👍
1
Seja bem vindo!
JD Canela
Olá! 😀
Quer receber notícias no seu WhatsApp?
Entre no nosso Canal de notícias.
Nos envie um "oi" e te enviamos o link para participar.