Laudo preliminar indica que jovem espancado no Santa Marta acabou morrendo de overdose

38
Rafael Narciso Schuch, 26 anos - Foto: Reprodução Facebook

A investigação sobre o primeiro homicídio registrado em Canela tomou outro rumo na tarde desta quinta-feira (14), com a divulgação do laudo preliminar envolvendo a morte de Rafael Narciso Schuck, 26 anos. No sábado (09), ele acabou se envolvendo em uma briga, quando foi agredido e na madrugada de segunda-feira (11) veio a falecer no Hospital Geral, em Caxias do Sul.

O laudo preliminar indicou que o jovem teria morrido em decorrência de uma overdose por uso excessivo de drogas. No entanto, a Polícia Civil ainda aguarda o laudo oficial da perícia realizada para concluir sobre os fatos. Conforme os policiais que atenderam a ocorrência, Rafael estava bastante alterado e não tinha condições de infomar maiores dados sobre o ocorrido. Ainda para receber atendimento do SAMU no local, ele precisou ser contido por familiares, devido ao seu estado de agitação.

Publicidade