Feira Feito em Gramado atrai mais de 45 mil visitantes e próxima edição já está definida

0
34
Publicidade

Segundo dados do Portal do Empreendedor, o Brasil teve o maior número de registros de empreendedores da sua história, chegando a marca de 10 milhões, e é justamente para atender aos pequenos empresários que surgiu a Feira Feito em Gramado, que chegou ao fim a 9ª edição na terça-feira (12), com sucesso de público. Ao todo, 45.497 pessoas visitaram a mostra que aconteceu no Expogramado, paralelamente à 30ª edição da Festa da Colônia.

Mesmo contabilizando os lucros desta edição, os expositores já se preparam para a 10ª edição da Feira Feito em Gramado, que ocorrerá entre os dias 28 de abril e 15 de maio de 2022. Para o secretário de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Relações Institucionais, Ubiratã Luiz Alves de Oliveira – Dr. Ubiratã, a próxima edição marcará a expansão da mostra e muitas outras novidades. “Estamos discutindo a criação de uma comissão formada entre os participantes para deliberarem sobre o evento”, disse.

Publicidade

“Pretendemos, aliás algo que o prefeito Nestor defende é a ampliação da feira e seguindo o exemplo da Festa da Colônia, vamos promover rodadas de negócios entre os expositores e o comércio local. Outra ideia que está sendo estudada com muito carinho é a criação de feiras itinerantes, ou seja, percorrer os principais pontos de comercialização para expor os itens produzidos aqui em Gramado. Já pensando no mercado digital, estamos em fase de construção de um site de vendas para que os nossos expositores tenham a comercialização o ano todo”, explica Dr. Ubiratã.

Outra novidade que está sendo estudada pela Administração é a criação de uma feira específica para o segmento de malhas. “Percebemos a satisfação dos expositores, mas queremos ir além. Estamos buscando sempre a qualificação e ampliação econômica de nossos micro e pequenos empreendedores. Com feiras específicas e direcionadas a determinados segmentos certamente teremos o fomento econômico, além da geração de emprego e renda”, concluiu.

Crédito: Ascom/Cleiton Thiele

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.