Canela Cidade Empreendedora: proposta do CIDICA é apresentada à ACIC

0
62
Publicidade

O secretário da Fazenda e Desenvolvimento Econômico, Luciano Melo, juntamente com os assessores jurídicos Vilmar da Silva Santos e Gabriele Grespan, participaram recentemente de dois encontros com representantes da ACIC – Associação Comercial e Industrial de Canela, com o objetivo de apresentar para a entidade empresarial a proposta de implantação do CIDICA – Centro Integrado de Desenvolvimento e Inovação de Canela. A sede do CIDICA está sendo estruturada no Centro da cidade, na Rua São Francisco, nº 199, em um espaço que reunirá entidades e o poder público visando o fortalecimento do empreendedorismo e da economia do município com foco na tecnologia e na inovação.

Nas reuniões, uma realizada no Paço Municipal e outra na futura sede do CIDICA, os representantes do Poder Executivo oficializaram um convite para que a ACIC esteja representada no espaço multissetorial. “Queremos reunir forças, lideranças e cabeças pensantes do nosso município para que juntos possamos criar uma nova matriz econômica para Canela, promovendo a integração dos setores públicos e privado. O CIDICA será um espaço destinado para capacitações, para atração de novos empreendimentos e consequentemente a criação de novos postos de trabalho”, projeta o secretário Luciano Melo.

Publicidade

ESTRUTURA AMPLA E MODERNA

O assessor jurídico Vilmar da Silva Santos destaca que o CIDICA é um projeto para ficar como legado para o empresariado de Canela, independente do partido ou grupo político que esteja a frente da Administração Municipal. “Por isso estamos conversando com as entidades e lideranças do nosso município, com o intuito de abrir espaços e oportunidades para todos. O CIDICA integra o Programa Canela Cidade Empreendedora e junto com a Lei Canela do Futuro, proporcionará o fomento da economia local de forma moderna e inovadora”, avalia Vilmar Santos.

O CIDICA abrigará o Departamento de Desenvolvimento Econômico, a Escola do Empreendedorismo, Espaço de Negócios, Sala do Empreendedor, Encubadora de Empresas e um Observatório, além do Procon, o Sine e a Junta Militar, tendo ainda um espaço para startups e uma arena para realização de palestras e eventos. O presidente da ACIC, Lucas Dias, afirma que a entidade é ‘entusiasta do projeto e que pretende atuar diretamente dentro do espaço por meio de capacitações e cursos’. “Estamos acompanhando o processo de implantação e atentos as novidades”, comentou Lucas.

Foto: Rafael Zimmermann

Publicidade