Autor de homicídio na Vila Dante se entrega e alega legítima defesa

Por Alexandre Cruz

0
145
Wilmar Bueno dos santos, 54 anos, foi morto com dois disparos
Publicidade

O jovem de 23 anos apontado como autor dos disparos que mataram Wilmar Bueno dos Santos, 54 anos, se apresentou na delegacia na segunda-feira (22) e alegou ter agido em legítima defesa. O crime ocorreu na noite de domingo (21), na residência da vítima, localizada na rua Vista do Vale, na Vila Dante. No local, Pequeno, como era conhecida a vítima, foi morto com dois disparos.

O rapaz, que é sobrinho da vítima, alegou que esteve na casa e que, no momento em que conversava com Wilmar, o mesmo teria sacado uma arma e ambos teriam entrado em luta corporal. Como resultado da briga teria atingido a vítima com a arma.

Publicidade

Por outro lado, a esposa da vítima e tia do rapaz, que sobreviveu ao ataque, relatou uma versão completamente diferente. Segundo ela, o sobrinho chegou ao local visivelmente desequilibrado e embriagado. Momento em que sacou a arma e teria obrigado o casal a se ajoelhar. Neste momento Wilmar tentou fugir e foi atingido pelos disparos. Enquanto a tia conseguiu escapar e se refugiou na casa de um vizinho. Logo em seguida o rapaz fugiu do local.

O Delegado Vladimir Medeiros, que comanda as investigações, destacou que a Polícia Civil está apurando os fatos. “Estamos ouvindo testemunhas e aguardando o resultado de exames”, destacou. A arma usada no crime ainda não foi localizada.

Publicidade