Volta às aulas presenciais na rede municipal de ensino será de forma gradativa

39
Publicidade

O governo do Rio Grande do Sul colocou na terça-feira (27) todas as regiões do Estado em bandeira vermelha. O governador Eduardo Leite informou que as regras do modelo de distanciamento adotados por conta da pandemia de covid-19 serão alteradas para que as aulas presenciais possam ser retomadas.

Com a alteração dos protocolos, o retorno das aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino de Canela está previsto para o dia 3 de maio, com turmas de educação infantil e dos 1º, 2º, 3º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental. Já a volta dos anos finais, 6º, 7º, 8º e 9º, deve acontecer dia 10 de maio.

A volta gradativa dos alunos às salas de aula foi proposta pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer durante reunião, no final da tarde de quarta-feira (28), do primeiro escalão do governo e aprovada por unanimidade pelo prefeito Constantino Orsolin, secretários e adjuntos e procurador.

Publicidade

A secretária de Educação, Janete da Silva Santos, explica as na educação infantil os alunos frequentam as escolas em turnos. Metade deverão estar em sala de aula pela manhã e a outra metade na parte da tarde. Já o ensino fundamental volta no sistema híbrido: os 1º, 2º e 3º anos do turno integral, ficam o dia todo e de 4º ao 9º ano, voltam no sistema metade dos alunos frequenta a escola em uma semana e a outra metade fica no sistema remoto.

Na outra semana, os alunos que estavam em aula voltam ao ensino remoto e os que estavam em casa frequentam as aulas presenciais.
O prefeito Constantino comentou que “esse retorno gradativo possibilita se agir dentro da realidade, com cautela e prioridade pela saúde, porque ainda estamos em pandemia, mas é necessário o retorno do ensino”.

Protocolos de Prevenção

O retorno dos alunos respeitará todos os protocolos de segurança em vigor, como o uso obrigatório de máscaras, distanciamento, higienização das mãos e limitação na capacidade das salas. Desta forma, as atividades serão no formato híbrido, com aulas presenciais e remotas, de acordo com o número de alunos por sala.
O protocolo prevê, ainda, a aferição de temperatura na entrada da escola e implantação de tapetes sanitizantes para limpeza dos calçados.

Retorno é opcional


O retorno as aulas na rede municipal é opcional e válido aos estudantes que os pais e responsáveis assinaram o registro dessa preferência por escrito.