Protesto e medidas adotadas para retirar Canela e Gramado da bandeira vermelha

176
Manifestação ocorreu na manhã deste domingo - Foto: Alexandre Cruz/JD
Publicidade

A manhã deste domingo (14) foi de protesto em frente a morada oficial do Governo do Estado na Serra. Um grupo de empresários e lideranças de Canela e Gramado estiveram no local para protestar contra a inclusão das duas cidades na bandeira vermelha, o que gerou uma série de restrições quanto a abertura do comércio já nesta segunda-feira (15).

O objetivo da manifestação era serem ouvidos pelo Governador Eduardo Leite que estava na morada da serra. No entanto, Leite deixou a residência no início da manhã, antes da manifestação iniciar. Depois de permanecerem no local por cerca de uma hora, os manifestantes saíram em carreata em direção a Gramado e nas proximidades da Abastec chegaram a parar o trânsito por alguns minutos.

Publicidade
Veículos seguiram em direção à Gramado – Foto: Gelson Oliveira

Reunião da Amserra

Nesta segunda-feira (15) será realizada uma reunião extraordinária com os prefeitos da Amserra para buscar meios de retornar a bandeira laranja, para Canela e Gramado. O encontro será realizado no Auditório da Prefeitura de Gramado.

Publicidade

As lideranças de Canela e Gramado são contrárias a nova classificação que impõe uma série de restrições aos municípios e já estão articulando medidas para reverter a questão. O vice-prefeito de Canela, Gilberto Cezar informou que ainda no sábado foi solicitado ao Comitê de Crise do Governo do Estado para que avaliem uma reclassificação da bandeira da Região das Hortênsias.

Publicidade