Publicidade

Durante a manhã desta sexta-feira, policiais militares do 2º Pelotão de Policiamento Militar Ambiental de Canela, realizam averiguação na Barragem do Salto, pois chegou ao conhecimento do Pelotão, denúncia de que moradores daquela localidade estariam efetuando a travessia de pessoas em barco, por ocasião da interdição do acesso para veículos. Ocorre que segundo a denuncia, estariam efetuando tal travessia sem o uso de colete salva vidas, e demais equipamentos de segurança obrigatórios para tal transporte aquaviário.

Embora não seja proibido a travessia, o Pelotão Ambiental orienta que o condutor da embarcação se a motor, deverá estar devidamente habilitado, bem como a embarcação com o seu devido registro, equipamento obrigatório de proteção individual, como coletes salva vidas, e demais equipamentos obrigatórios da embarcação. Tal atividade sem a devida documentação legal por parte de seu responsável poderá acarretar em sanções administrativas, e até mesmo criminais dependendo do caso.

Publicidade

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.