Polícia Civil prende integrantes de facção criminosa ligados ao tráfico de drogas

0
52
Publicidade

A Polícia Civil segue intensificando ações de combate ao tráfico de drogas em Gramado e na sexta-feira (21), realizou nova prisão de integrantes de facção criminosa. Na ocasião, os policiais prenderam preventivamente um casal suspeito de envolvimento no tráfico de drogas e associação para o tráfico, com forte atuação na cidade.

A mulher foi presa no Bairro Carazal, em Gramado, e o homem, que já se encontrava recolhido ao sistema prisional, teve a nova prisão comunicada à casa prisional em que se encontra segregado. As investigações apontam que o casal articulou a vinda de adolescentes da Região Metropolitana para realizar a venda de drogas na residência que possuem no Bairro Floresta, nesta cidade.

Publicidade

O local foi alvo de ação da Polícia Civil em abril deste ano, que resultou na apreensão de porções de maconha, cocaína e crack, fracionadas para venda, além de petrechos usados na atividade criminosa. No local foi apreendida uma adolescente de 17 anos, trazida de Novo Hamburgo pelo casal para realizar o comércio de entorpecentes para a facção criminosa da qual fazem parte. Segundo apurado, ainda havia outro adolescente vendendo drogas na casa a mando dos suspeitos, mas não estava na residência no momento da ação policial, não tendo sido localizado e identificado.

O casal é bastante conhecido da Polícia Civil, tendo sido preso em investigações anteriores por envolvimento na venda de drogas. As prisões foram realizadas pela Delegacia de Polícia de Gramado, responsável pelas investigações. A ação ainda faz parte da Operação Anjos da Lei, da 2ª Delegacia de Polícia Regional de Gramado, que objetiva reprimir o tráfico de drogas envolvendo crianças/adolescentes, infelizmente, cada vez mais aliciadas por traficantes. Após os trâmites legais, a mulher foi recolhida ao sistema prisional, enquanto o homem foi comunicado da sua nova prisão.

Publicidade

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.