Policia Ambiental fiscaliza maus tratos, dano à vegetação e criador clandestino de javaporco

129
Javaporcos são híbridos de javali selvagens exóticos com porco doméstico
Publicidade

A Polícia Ambiental, na sexta-feira (29), esteve na localidade de Muniz, interior de São Francisco de Paula, em atendimento a solicitação de apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente daquele município. As guarnições do 2° Pelotão de Polícia Ambiental de Canela realizaram fiscalização ambiental em uma propriedade rural.

No local foram constatados cinco cães em situação de maus tratos, além de danos a vegetação nativa por uso de fogo. Ainda durante a fiscalização, foi constatado a criação clandestina com reprodução em cativeiro de Java-porcos (híbridos de javali selvagens exóticos com porco doméstico, contrariando a IN 03/2013 do IBAMA). Havia no local cinco reprodutores, três fêmeas matrizes e 11 leitões. As guarnições adotaram as medidas na esfera criminal em relação aos fatos, enquanto os fiscais municipais as medias administrativas.

Publicidade

A Polícia Ambiental ressalta que o manejo (abate) do javali já é autorizado como forma de reduzir a população desses animais considerados nocivos ao meio ambiente e ameaça a nossa biodiversidade, sendo proibido a criação em cativeiro e cruzamento com o porco doméstico, o que acaba prejudicando o controle da espécie, e principalmente os sérios riscos que pode representar a saúde humana e a probabilidade de transmissão de patogenos.

Publicidade
Publicidade