10.8 C
Canela
segunda-feira, julho 15, 2024
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
InícioEvento51º Festival Internacional de Folclore é oficialmente lançado em Nova Petrópolis

51º Festival Internacional de Folclore é oficialmente lançado em Nova Petrópolis

Publicidade

Evento ocorrerá de 19 de julho a 4 de agosto com muitas novidades e ações solidárias em prol do RS.

Nova Petrópolis, Jardim da Serra Gaúcha, Capital Nacional do Cooperativismo, Cidade Educadora, Capital Estadual da Meliponicultura e Cidade Internacional do Folclore IOV-Brasil, está empenhada nos preparativos para o maior evento cultural da Serra Gaúcha. O 51º Festival Internacional de Folclore será realizado de 19 de julho a 4 de agosto de 2024. Durante 17 dias, Nova Petrópolis será o reduto de culturas de diversas partes do mundo, todas unidas em uma grande festa de integração entre os povos, com ações solidárias em prol dos gaúchos e celebrações alusivas ao Bicentenário da Imigração Alemã no Brasil. Como defende o tema da 51ª edição, “A diversidade é o que nos une e fortalece nosso legado.”

Publicidade

O lançamento da 51ª edição ocorreu nesta terça-feira, 18 de junho, no Torquês Restaurante. Autoridades, imprensa e convidados conheceram as principais novidades, os grupos folclóricos confirmados, a programação comemorativa ao Bicentenário da Imigração Alemã, as ações solidárias em prol do Rio Grande do Sul e todos os detalhes do evento.

Publicidade

A diretora do Setor de Eventos Culturais do Departamento Municipal de Cultura e coordenadora do 51° Festival Internacional de Folclore, Iasmin Schmitt, apresentou as principais novidades durante o Lançamento Oficial.

Para a edição de 2024, o Festival Internacional de Folclore contará com seis grupos folclóricos internacionais, quatro nacionais, seis regionais e 20 grupos locais confirmados; além de coros, orquestras e bandinhas típicas, que são novidades. Todos irão se apresentar na Rua Coberta, localizada na Praça das Flores, um dos atrativos mais encantadores da Serra Gaúcha.

Confira os grupos visitantes confirmados: Grupos regionais: Grupo Folclórico Polonês Krakus (Ijuí), Grupo Staburags (Ijuí), Cia de Danças Nadima Murad (Porto Alegre), Associação Cultural Fare Amicci (Caxias do Sul), CTG Vaqueanos da Tradição (Porto Alegre) e CTG Aldeia dos Anjos (Porto Alegre). Grupos estaduais: Movimento Artístico Patrícia Dalchau (Santa Catarina), Grupo Parafusos (Sergipe), Grupo de Cultura Popular Ariús (Paraíba) e Grupo Parafolclórico Frutos do Pará (Pará). Grupos internacionais: Ballet Ucraniano Roksolana (Argentina), Ballet El Trebol (Argentina), Asociación Cultural Amanecer Peruano (Peru), Compañia de Danza Anastasia Flores (Estados Unidos), Grupo Doña Urraca (Espanha) e Tanz- und Folklorensemble Ihna (Alemanha).

Além disso, o 51º Festival Internacional de Folclore terá como novidades o Espaço Letras e Artes, uma valorização dos artistas locais por meio da exposição e venda de pinturas, esculturas e livros produzidos pelos artistas locais; a exibição de produção audiovisual realizada por meio de recursos da Lei Paulo Gustavo, “Nos Passos da Tradição”; Roda de Capoeira e uma programação especial alusiva ao Bicentenário da Imigração Alemã no Brasil, com rodas de conversa e palestra.

Além das apresentações de danças folclóricas, que enfeitarão o palco do evento com cores, ritmos, danças e cultura; o 51º Festival Internacional de Folclore contará ainda com o Acendimento da Chama Folclórica; os Desfiles de Integração; o Baile Infantil; os tradicionais Jogos Germânicos e Jogos da Diversidade; as Noites Culturais, que levam a diversidade do festival às mais distantes localidades do Município; as Celebrações da Vida, da Paz e da Diversidade; o espetáculo “Linhas de Memória”; entre outras atrações.

“O Festival Internacional de Folclore é alegria, é vida; representa a retomada econômica, a valorização dos artistas e a esperança em dias melhores. Tricofest e Festival Internacional de Folclore estão juntos, abraçando Nova Petrópolis, prontos para receber todos os visitantes de braços abertos, com a mesma hospitalidade de sempre e programações imperdíveis,” declarou o prefeito Jorge Darlei Wolf, ao agradecer a parceria da Tricofest na confecção da manta entregue como mimo aos convidados durante o lançamento oficial.

As Soberanas do Folclore Alemão e anfitriãs da 51ª edição, rainha Ana Luiza Kuhn, 1ª princesa Marluce Maldaner e a 2ª princesa Camila Caroline Schwaab enfatizaram o orgulho em representar o maior evento cultural da Serra Gaúcha e o desejo de que o Festival Internacional de Folclore seja um marco de união, recomeço e valorização do legado deixado pelos imigrantes e da diversidade cultural que tanto enriquece Nova Petrópolis. 

“Estamos vivendo a expectativa por toda a emoção que o Festival Internacional de Folclore nos proporciona. É com paixão que a nossa comunidade se mobiliza pelo evento. O Festival Internacional de Folclore representa vida, integração, compartilhamento e orgulho para todos nós”, disse a secretária de Educação, Cultura e Desporto, Gislaine Marchioro Leal.

A diretora do Departamento de Cultura, Jussara Prates, anunciou as ações solidárias que serão realizadas durante o 51º Festival Internacional de Folclore. “A Cultura que Abraça será a nossa campanha de coleta de livros e brinquedos ao longo da programação do evento. Vamos auxiliar os municípios que sofreram perdas de acervos das suas bibliotecas e garantir que as crianças que passaram por este momento delicado se sintam abraçadas, acolhidas e voltem para as suas atividades da infância, mais felizes, acreditando em um futuro melhor”, explicou a diretora.

De forma simbólica, autoridades, soberanas e integrantes da comissão organizadora fizeram a doação de livros e brinquedos para marcar o início das ações solidárias do 51º Festival Internacional de Folclore.

Em 2024, na abertura e encerramento do Festival Internacional de Folclore, o público assistirá o espetáculo “Linhas de Memória”, uma obra em homenagem ao Bicentenário da Imigração Alemã no Brasil, cujo elenco valoriza os artistas locais para homenagear os antepassados, valorizando os legados deixados por eles, que ainda estão vivos no cotidiano. O espetáculo tem roteiro e direção de Edineia Werner, produção audiovisual de Mauro Stoffel e direção coreográfica de Vanessa Jeniffer Zeni. O elenco é formado por integrantes da Associação dos Grupos de Danças Folclóricas Alemãs de Nova Petrópolis e do CTG Pousada da Serra. O espetáculo “Linhas de Memória” cria um paralelo entre o ontem e o hoje, entre os antepassados e os descendentes, separados por 200 anos, mas com muitas coisas em comum. A cultura é o maior legado dessa travessia oceânica.

O presidente da Associação dos Grupos de Danças Folclóricas Alemãs de Nova Petrópolis, Cleiton Ismael Spengler, declarou que “o Festival Internacional de Folclore não apenas atrai turistas e movimenta a economia local, mas também serve como um símbolo de resiliência e esperança. Ele nos lembra de nossa capacidade de superar desafios e encontrar força na nossa cultura e nas nossas tradições. Agradecemos a todos que tornaram este evento possível”, concluiu.

Durante os 17 dias do 51º Festival Internacional de Folclore ocorre, também, a tradicional Feira da Diversidade, junto à Praça das Flores, apresentando dezenas de estandes com produtos artesanais vindos das mais diversas nacionalidades. A Feira da Diversidade ocorre diariamente, das 9h às 21h. A gastronomia também estará presente com uma Praça de Alimentação, diariamente, das 10h às 22h.

Nova Petrópolis se prepara para mostrar toda sua força cultural, em harmonia com culturas do mundo todo, em um grande evento de integração, com os olhos voltados às necessidades dos gaúchos. Com o tema “A diversidade é o que nos une e fortalece nosso legado”, a cidade Jardim da Serra Gaúcha e Capital Nacional do Cooperativismo está pronta para receber cerca de 2.000 dançarinos, músicos, artesãos e apreciadores das culturas de todos os povos em 17 dias de intensa programação.

O 51º Festival Internacional de Folclore de Nova Petrópolis é uma realização da Associação dos Grupos de Danças Folclóricas Alemãs e da Prefeitura de Nova Petrópolis. O evento integra o calendário anual da IOV – Organização Internacional de Folclore e Artes Populares, o calendário de eventos oficiais do Rio Grande do Sul e, em 2024, as comemorações alusivas ao Bicentenário da Imigração Alemão no Brasil. Patrocinadores: Dakota – ser linda é ser feliz, Sicredi Pioneira, Gula Alimentos, Banrisul, Suibom, Niruma Móveis, Cervejaria Traum e Cervejaria Edelbrau. Apoiadores: Parque Aldeia do Imigrante, RBT Internet, You-C English School, Eletrosom e Digi Sonorizações.

Mais informações em www.festivaldefolclore.com.br e @festivaldefolclorenp.

Publicidade


Publicidadespot_img
Artigos Relacionados
Leia também
CANELA - A semana começou com uma importante reunião entre os representantes dos partidos que apoiam a pré-candidatura para prefeito e vice, de Gilberto Cezar (PSDB) e Tolão, Gilberto Tegner (PDT). Durante o encontro, Evandro Cardoso foi apresentado como...
CANELA -  Com três vitórias em quatro jogos, o União Santa Marta segue isolado na liderança da Segundona de Futsal. No entanto, a equipe pode perder a primeira colocação na rodada desta segunda-feira (15/07), caso o Certinho Evento consiga...
Publicidade
Publicidade

Populares

Leia Mais

Iniciar conversa 👍
1
Seja bem vindo!
JD Canela
Olá! 😀
Quer receber notícias no seu WhatsApp?
Entre no nosso Canal de notícias.
Nos envie um "oi" e te enviamos o link para participar.