Prefeitura promove reunião para acabar com emaranhado de fios soltos

68
Publicidade

Uma das demandas que a comunidade canelense mais cobra do poder público é uma solução para o emaranhado de fios soltos nos postes e ruas do município. Para uma solução a secretaria de Obras, por meio do setor de Iluminação Pública e o Departamento de Fiscalização convidaram para uma reunião os representantes da RGE e de empresas prestadoras de serviços de telefonia e internet. O encontro aconteceu na Prefeitura de Canela na terça-feira (9).

No encontro se ressaltou a necessidade da prestação de serviços e um trabalho conjunto com a concessionária (RGE) e os prestadores de telefonia e internet. “Neste primeiro encontro estamos aqui para conversar e se achar uma solução, mas precisamos da colaboração de todos”, ponderou o secretário de Obras Luiz Cláudio da Silva.

Publicidade

Segundo o Consultor de Negócios da RGE, Rafael Dala Brida a concessionária contratará num período ainda não definido uma empresa terceirizada para alinhar a fiscalização de qual empresa é ocupante daquele poste. “Os cabos precisarão ser identificados nos postes e caso não  cumpram as normas já definidas pela Anatel, eles serão cortados” ponderou Rafael.

Publicidade

A segurança e cuidado em relação aos serviços nos postes, recolhimento de fios, resíduos de obras que ficam nas ruas também foram pauta da reunião. “Precisamos utilizar todos os equipamentos de proteção para evitar acidentes” disse Lucas Bonatto de Azevedo do setor de Iluminação da Prefeitura de Canela.

Um novo encontro foi sugerido para se convidar a empresa Mercúrio que executa este tipo de serviço para a RGE, pois segundo os participantes da reunião os problemas encontrados também englobam esta empresa.

Como nem todas empresas compareceram na reunião a Prefeitura, por meio do setor de Iluminação, fará primeiro um trabalho de comunicação com essas operadoras para  estreitar mais os laços e aos poucos se conseguir fornecer um serviço de qualidade para o contribuinte prezando a segurança da população.

Publicidade