Gramado Summit encerra com sucesso nos protocolos

0
48
Publicidade

Três dias intensos de networking, geração de negócios e muita atenção aos protocolos sanitários. O fomento ao empreendedorismo e à inovação impulsionou mais uma edição da Gramado Summit, que se encerrou ontem, dia 7 de maio, e que representa um marco para a retomada dos eventos corporativos. O encerramento da conferência foi marcado pela presença do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB).

Ao longo dos últimos três dias, a Gramado Summit seguiu rigorosos protocolos de segurança para retomar a realização de eventos corporativos no país. Ao chegar no local, todos os participantes realizaram seus credenciamentos por meio da plataforma safe check-in, da Marcopolo Next, sem a necessidade de contato físico. 

Publicidade

No palco principal e nas demais áreas de conteúdo, as cadeiras respeitaram o distanciamento de dois metros umas das outras. Os corredores da feira obedecem uma largura mínima de três metros, além de contarem com totens com álcool em gel para higienização. Todas as áreas do pavilhão foram sanitizadas pela Imunizadora Hoffmann. Fora isso, todos os estandes da feira foram arquitetados com estruturas abertas para permitir a ventilação, e a área construída foi duplicada de 12 mil m² para 24 mil m². 

A presença do governador do Estado reforçou a eficiência dos protocolos aplicados e a importância do setor para a economia. “É ótimo ver que é possível retornar os eventos, com restrições, mas que é possível. Mesmo com os avanços tecnológicos, nada substitui o olho no olho. A Gramado Summit promove um lugar para encontrar parceiros, investidores e clientes para os seus negócios. Isso que a nova economia nos exige. As interações são a oportunidade de criar soluções”, afirmou o governador.

Além de representar um marco para outros eventos, a Gramado Summit também movimentou a economia local. “O comércio da região também é beneficiado com a presença dos participantes frequentando os restaurantes, utilizando transporte, se hospedando e consumindo de diversas formas”, aponta Marcus Rossi, CEO da Gramado Summit. 

Rossi completa afirmando que um dos propósitos desta edição era o de fomentar os pilares econômico e educacional. “Além de mostrar que os eventos não são vilões e que podem ser ambientes seguros, também insistimos em fazer um evento presencial porque eles garantem interações únicas. Feiras presenciais nos permitem fortalecer o networking, conquistar clientes, bem como estimulam o aprendizado qualificado”, ressalta.

Sobre o evento –  Tradicional conferência de inovação e tecnologia, a Gramado Summit realizou sua quarta edição de 5 a 7 de maio, no Serra Park, em Gramado/RS. Foram mais de 100 empresas expositoras, mais de 100 palestrantes e três palcos de conteúdo simultâneos. Ao todo, o evento teve 1,7 mil participantes, incluindo visitantes, expositores e funcionários.

Entre os nomes destaques na programação estiveram Geraldo Rufino (fundador JR Diesel), Karen Novaes (Google), Paula Hurtado (Nubank), Maurício Benvenutti (Startse), Washington Olivetto (publicitário), Cláudio Azevedo (Ambev) e Caio Carneiro.

Além dos destaques na área de conteúdo, o evento também contou com a tradicional Batalha de Startups, realizada desde a primeira edição. Neste ano, a vencedora foi a startup Concede, que recebeu o aporte de R$200 mil. 

Publicidade

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.