Trio usava simulacro de arma de fogo para praticar assaltos

0
142
Publicidade

Na noite de quinta-feira (25/07), a Brigada Militar solucionou, mesmo que momentaneamente, um problema que vinha incomodando a comunidade canelense. Após mais um roubo a pedestre, o Pelotão de Operações Especiais (POE), apreendeu dois menores e um maior pelo crime.
Por volta das 19 horas, a Brigada Militar de Canela foi acionada na Rua José Luis Correa Pinto, no Bairro São José, onde ocorreu uma tentativa de roubo a pedestre. A vítima informou que indivíduos lhe mostraram uma arma de fogo, momento em que correu para dentro de um matagal. As guarnições a partir das características dos suspeitos iniciaram buscas pelas proximidades.

A guarnição do Pelotão de Operações Especiais (POE), nas buscas avistaram na Rua Amália Selbach, quatro quadras do local do crime, um indivíduo que correu ao perceber a presença da viatura. Ele entrou no pátio de uma casa seguindo pelos fundos onde foi alcançado e detido.

Publicidade

O menor de 17 anos, com antecedente por posse de entorpecente, estava com dois simulacros de arma de fogo (réplicas), ainda confessou o crime de hoje, bem como a participação dele em outros roubos ocorridos nos últimos dias. Ele também foi reconhecido pela vítima como sendo o autor.

Na residência estavam outros dois jovens, um rapaz de 26 anos e outro menor de 14 anos, que também foram conduzidos a delegacia onde foi registrada a ocorrência.

O capitão Jorge Mascarin, comandante da Brigada Militar de Canela, destacou o empenho dos Policiais Militares nas buscas para apreender os infratores que estavam perturbando a tranquilidade da comunidade com vários delitos de roubos a pedestres. “A Brigada Militar é incansável na proteção das pessoas de bem”.